SIMPLES ASSIM…

Tua língua lambe meus desatinos, tuas mãos apertam meus delírios, teu corpo escorre em minha volúpia, meu querer goza em você melando nossos desejos. Tuas mãos tocam, esfregam meus desejos, marcam minha pele branca. Tuas mãos me compreendem, me sentem, tuas mãos, lapidam desejos em mim….. Sinto tuas mãos passeando em meu corpo numa urgência de querer, risos incontidos, em meio ao tesão latente. Pressa em te ter, em mim, dentro, sedento. Rasgo minhas vontades sacanas, êxtase em vivê-las
Sinto na pele, no corpo que queima assim me entrego inteira a você… E assim chega a hora, o desejo. Vontades urgentes que se encontram virando poesia….

Anúncios

Um pensamento sobre “SIMPLES ASSIM…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s