SEXO VERBAL – VOCÊ TEM VERGONHA DO QUÊ??

No Brasil, sexo se faz, não se fala. Tivemos a sorte de termos nascido numa época de liberdade sexual mas ficamos totalmente perdidos e sem ação mediante tamanho poder de escolha. As pessoas transam loucamente sem saber do que o outro gosta. Namoram por anos, sem nunca conversar sobre a melhor forma de fazê-la gozar. Se casam e nem se incomodam com o fato de não terem espaço pra falar que o sexo oral que ela fez ontem durante meia hora, valeu menos que uma punhetinha feita por  ele mesmo no banho. A hipocrisia vence mais uma vez.

Quieta e mal-comida

Não dá pra ser especialista em sexo –  cada pessoa é diferente e tem gostos extremos. Você podia se achar o rei da foda, já que ouvia sua ex gemer até enlouquecer os vizinhos, quando você colocava a língua direto no clitóris dela e depois completava com um dedinho na porta dos fundos. Daí, terminaram e você foi tentar a mesma técnica com a atual. Fail. Ela odeia ser chupada diretamente no clitóris e não gosta de dedos na área traseira. Mas fica morrendo de medo de você achar que ela não gostou do sexo ou da sua ilustre pessoa e escolhe o caminho mais fácil – não falar nada. Ela aguenta por mais algum tempo sua língua insistente e seu dedo que não arreda pé nunca. Até que se cansa e vai secretamente em busca de alguém que transe do jeito que ela gosta. E você, nunca vai ficar sabendo o motivo. Não teria sido muito mais fácil se ela falasse a verdade logo de cara?

Transar com alguém numa certa frequência e não conversar sobre os gostos de vocês é tão proporcionalmente louco quanto ir fazer uma tatuagem e não explicar pro tatuador o que quer. Ou pagar uma médica pra operar sua barriga sem dar detalhes de como quer que fique. O resultado não pode ser bom. Ou até pode ser, mas poderia ser muito melhor se você fosse clara desde o princípio.

Nunca entendi esse pavor que algumas pessoas têm de preferir ficar tendo aquele sexo meia boca por anos, do que correr o risco de machucar o outro. Acho muito mais digno o a pessoa receber as devidas instruções logo de cara do que descobrir, anos depois, que o outro ficava pensando nas pautas da reunião enquanto era chupado, tamanha qualidade do serviço prestado.

Fale Agora ou Entedie-se pra Sempre

 

Mas e agora – fiquei minha vida toda fingindo que gostava das pegadas dele – como chegar, do dia pra noite, e dizer que não gosto mais? Situação delicada, claro, mas o segredo está em como falar. Não precisa ficar guiando o coitado como se ele fosse cego no meio de tiroteio. Mas tem algumas coisas que podem ser úteis nessa hora:

–       Elogie mais as coisas que você gosta que ele faça. Sempre que ele (mesmo que por alguns segundos) te pegar daquele jeito que você sente tesão, aumente os gemidos, diga que está gostoso. Depois do sexo, comente que adorou o jeito como ele te pegou.

–       Puxe assuntos relacionados à sexo. Ele pode estranhar no começo mas se você volta e meia voltar no assunto, ele vai acabar se acostumando.

–       Compre livros sobre sexo e empreste pra ele ler. Mande email com indicações de sites sobre o assunto.

–       Tente manobras novas no sexo e pergunte depois se ele gostou.

Mas a atitude mais simples e eficaz de todas é: comece a falar e se perceber que ele está ficando desconfortável, fale que gosta de conversar sobre o sexo que vocês fazem e que essa é a única forma de melhorar sempre. Mostre que não faz sentido algum excluir esse tema da conversa, já que vocês gostam tanto de fazer sexo. Se ele disser algo do tipo: “não gosto de falar sobre essas coisas” vale alertar que ele está perdendo muito e que ele não está fazendo o melhor pra felicidade de vocês. E aí já sabe, né: não deu assitência, abriu espaço pra concorrência.

E pra evitar toda essa dor de cabeça e muitos orgasmos perdidos, adote a postura de falar sempre, logo de cara, no primeiro dia que transa com alguém novo. Se você tratar o assunto com naturalidade duas coisas podem acontecer – ou o cara é um quadrado com mentalidade da Idade Média e desiste de sair com você por te achar uma pervertida sexual (sorte sua que se livrou de mais um louco) ou o cara entra na sua e aproveita a oportunidade que poucas pessoas dão de poder se falar sobre o que gosta na cama. E aí sim, com tudo alinhado, o sexo tem muito mais chances de valer a pena.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s