HOMEM DOS MEUS SONHOS

E eu chego em casa cansada. Tiro meus sapatos altíssimos pelo chão do quarto e sento no sofá, acabada. Ele chega, me grita atenção e fala como um doido de como foi seu dia estressante. Eu fico entre um “uhum” e outro. Entre uma risada e outra. Mas fico com olhos e ouvidos bem atentos, como uma menininha ouvindo uma história de um herói que salvou a cidade e ainda lembrou de passar no mercado para comprar meu iogurte predileto. Ele me faz massagens quando eu peço. Mas só aceita fazer caso eu prometa fazer nele também. Ele trabalha, dá um trato em seu visual, não entende porque não reclamo do happy hour ou futebol com os amigos, malha, se vira muito bem na cozinha, me ama gostoso e ainda arruma tempo para levar meus cachorros pra passear e ainda me pedir para levá-lo no cinema; adora que eu dirija pra ele. Às vezes, eu penso como é louco o amor. No começo, eu passava noites em claro só para descobrir a melhor forma de conseguir ter um encontro com ele. E, hoje, ele é quem me convida. No primeiro encontro, eu passei mais de duas horas inteiras me arrumando. Coloquei minha melhor roupa, maquiagem, salto agulha e me encharquei com meu melhor perfume só para agradá-lo. Hoje, ele me acha linda de moletom ou suada com meu cabelo preso num rabo de cavalo. Ele me espera. Ele fica ansioso para me ver. E me liga só para dizer que está com saudades. Ele diz que ama e que morre de tesão por mim, também. Ele me faz carinhos e arranhões que nunca tive. E me beija o corpo inteiro. E quando briga comigo por ciúmes é por medo de me perder. Ele é perfeito, mas não sabe. O meu lado possessivo até acha isso bom. Porque no dia que ele perceber que ele é dez mil vezes melhor do que qualquer homem nesse mundo, vai querer outra mulher dez mil vezes melhor do que eu. E há várias garotas perfeitas por aí. Mas não sei como, ele se encantou por minha falta de tempo, por minhas piadas sem graça e pela minha vida acelerada, pela minha mania de perfeição. Bendita a sorte a minha. Até hoje não sei o que falei para ter roubado a atenção dele. E, se um dia descobrir, falarei o dia inteiro. Trato-o como um rei tendo a certeza de que não sou merecedora de um lugar em teu altar. Mas me esforço tanto que ele acha graça até das minhas imperfeições. É a sorte de ser o sonho do homem dos seus sonhos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s