UM BRINDE

Nunca achei que fosse amar tanto alguns detalhes que, se pertencessem a qualquer outra pessoa, eu nem repararia. A verdade é que, com você, não existe detalhe que não importa. Então, te digo que quero, porque também sou bem direta:

Quero mais manhãs ao seu lado e te vendo fingir acreditar nas minhas promessas de “só mais cinco minutos”. Sei que eles sempre se transformam em meia hora de atraso, mas eu amo te ver atrasado.

Quero muito mais manhãs e muito mais noites com você enquanto agradeço ao universo por ter ganho esse presente na vida.

Quero mais chances de tomar café do seu lado – mesmo que você queira só café puro mas, aceite como quem aceita um presente, as torradas daquele jeito que você gosta: bem moreninhas por fora.

Quero mais dos meus sorrisos quando você faz cafuné na minha cabeça enquanto dirijo.

Quero que você ouça muito mais das minhas ideias malucas e te surpreender concordando e, momentos depois, fazendo parte delas.

Quero muito mais garrafas de vinho abertas e muito mais conversas daquelas que surgem depois da terceira taça.

Quero mais da sua esperança que nunca morre de que conseguirei ver o filme de terror com você até o final. Eu sempre fecho os olhos. E você nunca desiste de me convidar para mais uma sessão.

Quero sonhar muito mais com a nossa casa. – mesmo que não saibamos se estaremos juntos até consegui-la. Isso é só um detalhe. Quero compartilhar com você planos de filhos e muitos cachorros – e perceber que você me ama inclusive por isso. Quero planejar muitos outros detalhes com você – a horta, o jardim, a estratégia pros bichos viverem soltos porém seguros. Quero te ouvir falando dos seus planos tecnológicos pra casa enquanto reparo no brilho que surge nos seus olhos.

Quero mais da sua companhia na hora de inventar pratos e fazê-los acontecer. Quero mais da nossa vibração sempre que acertamos uma receita. Quero, inclusive, até mesmo mais das receitas que não dão certo mas que no final, sempre valem a pena pela experiência com você.

Quero te presentear com mais sensações e dispensar todas as palavras – quero ler mais os seus sinais.

Quero, acima de tudo, mais dessa leveza que eu só senti com você – que consigamos carregá-la e provar para nós mesmos que ela não é tão insustentável assim como as pessoas dizem. Quero que sigamos aprendendo diariamente que nada é eterno e que a felicidade está no trajeto, não só no destino. E que não importa o que acontecer nessa estrada louca da vida, que possamos trazer dentro da gente a certeza de termos vivido um amor sincero e de termos tido a dádiva de descobrir qual a sensação de entregar seu coração na mão de outra pessoa – com a certeza de que ele está sendo bem cuidado como nunca. E que, não importa o que aconteça, que você nunca deixe de lembrar de mim quando tomar uma simples Coca-cola. E que você jamais esqueça de como conseguimos provar pra gente mesmo que parcerias são infinitamente melhores que namoros. E, por fim, que a felicidade seja sempre a sua melhor parceira, mesmo que eu não possa estar junto pra aplaudir essa união.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s