Arquivo | janeiro 2011

CONHECENDO-ME

Não me venha falar de razão, não me cobre lógica, não me peça coerência. Eu sou pura emoção, tenho razões e motivações próprias, me movimento por paixão, essa é a minha religião, essa é a minha ciência.

Não meça meus sentimentos, não tente compará-los a nada. Deles sei eu, eu e meus fantasmas, eu e meus medos, eu e minha alma.

Sua incerteza me fere, mas não me mata, suas dúvidas me açoitam, mas não me deixam cicatrizes.

Não me fale de nuvens, eu sou o Sol e a Lua, não conte as poças, eu sou o mar, profundo, intenso e passional.

Não exija prazos e datas, eu sou eternidade e atemporal, não imponha condições, eu sou absolutamente incondicional, não espere explicações, não as tenho, apenas aconteço, sem hora, local ou ordem.

Vivo em cada molécula, sou um todo e ás vezes sou nada, você não me vê, mas me sente, estou tanto na sua solidão quanto no seu sorriso. Vive-se por mim, morre-se por mim, sobrevive-se sem mim, eu sou começo e fim, e todo o meio.

Sou seu objetivo, sua razão que a razão ignora e desconhece. Tenho milhões de defeitos: todas certas, todas imperfeitas, todas lógicas apenas; em motivações pessoais, todas corretas, todas erradas. Sou tudo, sem mim, tudo é nada. Sou amanhecer, sou fênix, renasço das cinzas.

Sei quando tenho que morrer, sei que sempre irei renascer, mudo protagonista, nunca a história. Mudo o cenário, mas não de roteiro.

Sou música, ecôo, reverbero, sacudo.

Sou fogo, queimo, destruo, incinero.

Sou vento, arrasto, balanço, carrego.

Sou tempo, sem medidas, sem marcações

Sou furacão, destruo, devasto, arraso.

Sou água, afogo, inundo, invado.

Sou clima, proporcional a minha fase.

Mas sou tijolo, construo, recomeço……

Sou cada estação, no seu apogeu e glória.

Sou seu problema e sua solução.

Sou seu veneno, e seu antídoto

Sou sua memória e seu esquecimento.

Eu sou seu reino, seu altar, e seu trono.

Sou sua prisão, sou seu abandono e sou sua liberdade.

Sua luz, sua escuridão, e seu desejo de ambas.

Velo seu sono…..

 

Poderia continuar me descrevendo, mas já te dei umas idéias de quem sou….

Muito prazer, tenho vários nomes, mas aqui, na sua terra, chamam-me de AMOR.

Anúncios

TEMPERAMENTOS E AFINIDADES

O que é melhor para o relacionamento de um casal: que eles sejam iguais ou diferentes? Alguns apostam nos casais siameses: os dois palmeirenses, os dois petistas, os dois fumantes. Já outros preferem o antagonismo: ele Corinthians, ela Palmeiras; ele PT, ela PMDB; ele fumante, ela presidente da Associação de Combate ao Câncer de Pulmão.
Cada casal tem sua fórmula para dar certo, mas um pouco de equilíbrio ajuda a manter a estabilidade. O melhor parceiro é aquele que é bem diferente de nós e ao mesmo tempo muito parecido. Como? Diferente no temperamento, mas com mil afinidades.  Dois calmos vão pegar no sono muito rápido. Dois gulosos vão passar muito tempo no supermercado. Dois sedentários vão emburrecer na frente da tevê. Dois avarentos nunca terão um champanhe dentro da geladeira. Dois falantes jamais vão escutar um ao outro. Temperamentos iguais se neutralizam. Temperamentos opostos é que provocam faísca. Ele é super responsável, paga as contas em dia e jamais ficou sem combustível. Ela, ao contrário, é zen. Sua música preferida é um mantra. Não sabe que dia é hoje, mas tem certeza que é abril. Brigas à vista? Que nada. Ela o acalma, ele a acelera, e os dois inventam o próprio ritmo. O que importa é que avançam na mesma direção. Quando o projeto de vida é antagônico, aí é que a coisa complica. Ele adora o campo, odeia produtos industrializados e não perde o Globo Rural. Ela almoça e janta hamburguer, tem horror a qualquer ser vivo com mais de duas patas e raspou suas economias para ver o show dos Rolling Stones em São Paulo, sua cidade modelo.  Ele odeia a instituição chamada família. Ela, ao contrário, não abre mão das macarronadas dominicais na casa da mãe. Ele não sobe num avião nem sob decreto, ela sonha em dar a volta ao mundo. Ele quer ter quatro filhos, ela ligou as trompas quando fez 18 anos. Ele é ativista político, faz doações para o partido e participa de sindicatos. Ela vota em quem estiver liderando nas pesquisas. Ele não admite televisão em casa, ela não admite menos de três: uma na sala, outra no quarto e uma de dez polegadas na cozinha. Pode dar certo? Pode, mas alguém vai ter que abrir mão dos seus sonhos. Temperamentos diferentes provocam discussões contornáveis. Já a falta de afinidades pode reduzir um dos dois a mero coadjuvante da vida do outro. Alguém vai ter que ceder muito, e se não tiver talento para a submissão, vai sofrer. Logo, não importa se ele chega sempre atrasado e você é a rainha da pontualidade, desde que ambos tenham a mesma visão de mundo e os mesmos valores. Esse é o prato principal de todo relacionamento. O resto é tempero.

AMIGOS SECRETOS E OUTROS SEGREDOS

No Sul, chama-se amigo secreto. Em outros estados, amigo oculto. É quando se realiza um sorteio para ver quem vai dar presente pra quem no Natal ou em qualquer outra data festiva em que participe um grupo. Nesse final de ano, você terá pelo menos um amigo secreto na família, na turma, na escola ou no trabalho. Quem será?
Surpresa. Amigos secretos revelam-se na hora, faz parte da brincadeira. O que você talvez não saiba, e continue a não saber por toda a vida, é que também existe o apaixonado secreto. Na loteria do destino, alguém abriu o coração e saiu seu nome. Talvez tenha tentado se aproximar e você não percebeu. Talvez faça parte do seu grupo há muitos anos e você nunca o tenha reparado. Talvez tenha lhe encontrado namorando, ou já casado, e discretamente escondeu o interesse para não perturbar a sua paz. Você pode ter, sim, um amor secreto e não saber a falta que pra ele você faz. O presente que essa pessoa gostaria de lhe dar não se compra em shopping, não se paga à vista, não se financia. Você esteve ali,  ali para receber um beijo-surpresa, mas seu amor secreto não teve essa ousadia.
Ele pode estar há quilômetros de distância, num outro continente, se comunicando com você pela Internet, ou pode morar no mesmo prédio, estudar na mesma aula, frequentar a mesma praia (que você adora). Você não sente sua presença, mas talvez sinta sua ausência. Seu amor secreto não se revela porque sabe que você detesta cigarro, e ele fuma. Porque sabe que você só namora pessoas da sua idade, e ele é muito mais moço. Porque sabe que você riria da sua gagueira, da sua falta de grana, de seu embaraço. Seu amor secreto lhe deixaria atônita. Por isso, ele mantém-se discreto, platônico. Entre amigos não há sigilo, só um suspense durante a festa, até saber quem irá, afinal, nos abraçar e revelar que está ao grupo representando. Já entre amores secretos não há abraços nem revelações. Alguém lhe ama em segredo, e o presente é manter você acreditando.

TESTDRIVE PARA O AMOR

Existem muitas maneiras de duas pessoas apaixonadas se conhecerem melhor: irem juntas ao cinema, sairem para um chope, passearem de bicicleta, fazerem festa com os amigos, motel. É a programação clichê da maioria dos namorados. Mas será que isso basta para conhecer alguém? Um homem e uma mulher podem tomar quatrocentos litros de chope juntos e continuarem sabendo muito pouco um do outro. Uma coisa é saber o que ele pensa, e isso pode ser feito numa mesa de bar. Outra é saber como ele é, e isso requer mais intimidade, e não é de sexo que se está falando. É de convivência 24 horas. Como descobrir, antes de casar ou morar junto, se ele ronca, se ela demora no banho, se ele usa fio dental, se ela acorda de mau humor, se ele sabe lidar com o inesperado, se ela é mesmo independente? Pegando a estrada. Viajar juntos é o grande teste para um casal. Passar alguns dias acampando, ou num hotel, numa casa alugada, não importa onde, desde que seja um território neutro onde se possa repartir os bons e maus momentos, descobrir as manias de cada um, os hábitos que foram herdados dos pais, a verdadeira face oculta, que dificilmente se revela numa festa de sábado. Ela sempre aparecia cheirosa nos encontros. Perfumaria. Viajando juntos, você descobre que ela é adepta do banho de gato, uns respingos e deu. Dorme com uma baba no cabelo, que é pra não ressecar. Usa a mesma camiseta cinco dias seguidos e sua escova de dentes completou três aninhos em agosto. Ele sempre falou que honestidade era sua maior virtude. Nota-se. Na estrada, tentou subornar dois guardas. Chegando na casa que alugaram, ele deu um jeito de emperrar uma janela para pedir um abatimento no preço. Ao fazerem as primeiras compras no mercadinho da cidade, você o flagrou escondendo uma barra de chocolate no casaco e passando pelo caixa sem pagar. Um exemplo de dignidade. É claro que, na maioria das vezes, uma viagem confirma que a pessoa que elegemos é mesmo maravilhosa, e novas qualidades são descobertas. Mas é conveniente não reservar as surpresas para a lua-de-mel. Pequenas viagens de fins-de-semana, ao longo do relacionamento, podem ser muito reveladoras. Você já sabe que ele gosta de filmes de ação e que ela prefere comer peixe, mas os dois só saberão dos detalhes da personalidade de cada um se criarem uma pequena rotina doméstica, fora da vida social. Isso é brincar de casinha? Que seja. Ainda é o melhor teste para saber se o amor resistirá a uma vida de verdade.

CORAÇÃO APERTADO

Quando um dia você quiser ir, quando a tua vontade de partir da minha vida for, por um segundo, maior que a de ficar, então vai… simplesmente vai… Se puder, comigo deixe todos os sorrisos, toda a alegria, toda a paixão que partilhamos. Contigo leve o melhor de mim, leve a certeza de que te quis muito, deixemos de lado, a mágoa que acabou de chegar, a raiva, a discórdia, o desespero, o rancor, a dúvida. Se você for, não me diga, faz o teu melhor sorriso, (que eu adoro) deixa-me um beijo sincero e parte, É assim que quero sempre lembrar de você. Só quero lembrar de tudo o que foi muito bom, quero ter a certeza de que te fiz muito bem, como você me fez única e radiante. Quando o sol deixar de brilhar mais intensamente junto de mim,quando as coisas ficarem mornas, quando os dias se tornarem mais monótonos e cansativos na minha companhia, então o caminho chegou ao fim. Quando os melhores, maiores e mais sinceros sorrisos, não forem comigo ou de mim ou de nós, então só nos resta deixar as vidas seguirem o rumo que pretendem, as almas fugirem para onde se sentem verdadeiramente bem. Não quero te perder nunca e não tenho a presunção de te ter. Quero que fique comigo sempre e só porque te agrada, te faz bem. A cada dia que te ver, você com aquele sorriso fantástico, com a paz no espírito e coração, saberei que ainda nos pertencemos, sem que sejamos de ninguém, essa é a melhor forma de comunhão, é como gosto de te ter e de ser… não sendo de ninguém… Enquanto estivermos juntos e partilhármos a vida que chega a ser uma para dois, em que nossos corpos unidos sem distinguir um do outro, enquanto as nossas gargalhadas nos ecoam numa mente feliz em uníssono, enquanto o ato de nos amarmos for mais forte que tudo o que nos seja exterior, que toda a vida que corre lá fora, que todos os outros, quero me esgotar com você, quero ser parte de você, quero me partilhar com você e quero que continue a me fazer feliz…

ZONAS ERÓGENAS MASCULINAS

Cabelo & Couro Cabeludo

Uma suave massagem no couro cabeludo, dedos que brincam gentilmente com o cabelo e parece que morremos e fomos para o paraíso, não é meninas!? Psst, um segredo: eles também gostam… e muito! Zona sensível e pouco explorada, o couro cabeludo é facilmente estimulado, por isso, mãos à obra e dê-lhe uma massagem com gestos circulares, sem esquecer de passar os dedos pelo seu cabelo devagar e continuamente. Não nos responsabilizamos para o que possa acontecer a seguir…

Orelhas

Rodeadas de vários nervos, as orelhas são órgãos muito susceptíveis ao toque feminino, por isso, use os dedos para massageá-las, pressionando também os lóbulos. Vá mais longe e, com os lábios e a língua, explore a zona por de trás das orelhas. Não se contenha – a sua respiração, gemidos e até palavras sussurradas ao ouvido são música para os ouvidos do homem, para não falar no resto…

Lábios

Irresistível tentação, os lábios dos homens são ultra-sensíveis e aqui, os beijos são como as cerejas, quantos mais se dão, mais eles querem. Se quiser excitar um homem num abrir e fechar de olhos, é aqui que deve começar e demorar, experimentando todos os tipos de beijo, mais que uma vez! Ai lábios, para que te quero…

 

Pescoço

Escondido, mas aberto a todo o tipo de carícias e beijos, o pescoço é uma das zonas erógenas onde o homem mais gosta de ser estimulado. Depois de lhe tocar com as mãos (experimente as duas ao mesmo tempo enquanto beija-o demoradamente), comece a explorar o terreno sensualmente, com os lábios e a língua, deixando-se entregar à fogosidade das sensações, dando asas a coisas maiores e melhores…

 

Costas

Visualize: ele deitado de barriga para baixo e você sentada nas suas nádegas, mimando as suas costas com uma massagem inesquecível. Agradável não? Agora vá mais longe: passe levemente a sua língua por cada centímetro das suas costas e delicie-se ao vê-lo ficar com pele de galinha e a pedir mais e mais e mais…

 

Peito

Uma das zonas masculinas por excelência, os homens adoram que as atenções, as mãos e os lábios, estejam todos voltados para o seu peito. Provoque-o com beijos, lambidelas e pequenas mordidelas. Os mamilos dos homens são altamente sensíveis, por isso, comece devagar para ver até onde ele aguenta e vá aumentado a intensidade… e o prazer.

 

Dedos

Os homens garantem que quando uma mulher chupa os seus dedos, o prazer e as sensações experimentadas são quase tão boas como o sexo oral. É preciso dizer mais alguma coisa?

 

Interior das coxas

Zona negligenciada do corpo masculino mas facilmente estimulada, aqui pode e deve fazer um pouco de tudo: acariciar, beijar, lamber ou mordiscar… vai levá-lo ao paraíso. Com sorte, ele também a convida…

 

Glande do pénis

Não há nada que um homem goste mais do que uma mulher que não tenha receio de provocar a glande, ou a cabeça, do pênis. É a zona mais sensível do corpo masculino e o epicentro do prazer. Use a sua imaginação…

 

Períneo

O períneo é a zona situada entre o escroto e o ânus… e podemos dizer-lhe que é uma zona que gosta de ser tocada de forma tranquila, quase como uma massagem, por isso, experimente um lubrificante ou um óleo de massagem nesta parte do corpo. Em contrapartida, e quando estiverem próximos do orgasmo, massageie o períneo de forma vigorosa para uma dose extra de deleite. Não nos responsabilizamos pelos níveis de prazer que possam ser alcançados…se ele for uma pessoa liberal na cama.

 

Escroto

O escroto é o saco que contém os testículos e uma das zonas mais frágeis do corpo masculino… mas também uma das mais erógenas. Quando partir à descoberta desta área, vá sempre com extremo cuidado porque um bocadinho de pressão a mais e a dor vai substituir o prazer. No entanto, não tenha receio de acariciar e, para uma sessão ainda mais escaldante, experimente lamber ou mesmo chupar o escroto. Não se admire se ele suplicar por mais…

ZONAS ERÓGENAS FEMININAS

Orelha

 O lóbulo, a cavidade do pavilhão e a área atrás da orelha têm sua sensibilidade aumentada durante a relação. Quer um estímulo oral antes da hora H? A dica é ele usar a boca, os dentes e a língua para te mordiscar. Elogios e pequenas safadezas sussurradas podem ser uma opção. Se os dois toparem a brincadeira, claro.

Língua

Quem não adooooora beijo na boca? Que tal, então, incrementar? Experimente sugar a língua bem de leve, como se sugasse um pedaço de pudim de uma colher. Com certeza ele vai entrar na brincadeira e fazer o mesmo com você. O beijo é uma carícia que se curte junto. Use a criatividade!

Mãos

Beijos, lambidas, mordidas leves que podem subir para o antebraço, parte interna dos braços e terminar com beijos na boca são poderosos afrodisíacos. Outra dica é fazer você explorar ao máximo seu sentido do tato. Use suas mãos e passeie pelo rosto e corpo dele.

Auréola

 Os seios são uma zona erógena especial, principalmente a ponta e a auréola. Mas é preciso cuidado para tocá-los: a dica é sempre começar com carícias bem leves, que podem ser tanto suaves beliscões como mordidinhas. Que tal propor uma massagem? Peça para ele deslizar as mãos sobre você.

Barriga

Aqui valem os toques mais vigorosos, feitos com a palma das mãos. Excelente local para ser estimulado quando os dois estão de pé e ele te abraça por trás. O complemento pode ser beijinhos na nuca.

Parte interna da coxa

 Lambidinhas que começam na virilha e se estendem até o joelho, sempre pela parte interna das coxas, são muito excitantes, ainda mais quando são feitas como complemento ao sexo oral. Abuse dos toques e não tenha vergonha de pedir a ele.

 Pés

 Bom local para começar os jogos eróticos: você se deita e o parceiro massageia seus dedos dos pés, primeiro com toques mais intensos, depois mais leves. Dica: finalizar com muitos beijinhos.

Clítoris

 Carícias no clítoris te levam facilmente ao orgasmo. Elas podem ser feitas com a boca, língua, mãos ou pelo movimento dos corpos durante a penetração. O clítoris é uma região sensível e o ideal é estimulá-lo quando você estiver mais relaxada. Se ainda estiver tensa, as carícias podem até provocar incómodo.

 Nuca

 Aqui nem é preciso tocar: basta uma respiração mais ofegante para provocar arrepios. Mas se quiser colocar uma pitada de tempero na carícia, peça para ele usar a língua e os lábios. Ele pode beijar e lamber sua nuca com calma e complementar a carícia com leves toques nas costas.

Costas

 Os toques sutis, feitos com a ponta dos dedos ou unhas, despertam essa zona, mas peça para ele ir devagar e explorar ao máximo: beijinhos e lambidinhas caem bem, mas se quiser sentir arrepios na espinha, brinquem com um gelo, passando-o levemente e alternando com beijos e toques mais calorosos.