Arquivo | março 2011

SER FELIZ ASSIM MESMO

Como já disse algumas vezes, não existem pessoas perfeitas. Quem já não teve um relacionamento onde o outro era neurótico e tinha ciúmes da própria sombra? Que mulher nunca se apaixonou por um cara mega instável que um dia fala que não vive sem você e no outro nem atende seu celular? Ou por aquele sujeito mais querido, que te faz rir, que tem um charme perturbador, que beija inexplicavelmente bem mas que não quer nada com a vida e por isso você tem certeza que estando ao lado dele poderá até passar fome? E que homem nunca se interessou por aquela menina bacana, linda e inteligente mas que todos os seus amigos achavam que ela não prestava? Acredito que a maioria das pessoas já tenha passado por algumas destas situações ou outras ainda mais inusitadas. Por isso nós vivemos nos perguntando porquê entramos nestes relacionamentos se já sabemos que não irão durar. A resposta é simples: o amor não tem lógica. A atração física e a química muito menos. Já sabemos de tudo sim e ainda continuamos achando ele ou ela, com todos seus defeitos, a mais adorável das as criaturas. Eu, particularmente, preferiria nunca ter passado por nada desse tipo mas não podemos nos esquecer de que os doidinhos e as doidinhas também são apaixonantes. Que os neuróticos e as histéricas também são cativantes. Que os instáveis e as rodadas também tem qualidades. Que ninguém está imune à paixão e ao amor. Que ninguém vem com bula ou manual de instrução. E que não estamos livres de amar estas pessoas loucas e sermos felizes mesmo assim!!

Anúncios

BARBITÚRICOS DO UNIVERSO FEMININO

O universo feminino é realmente muito intrigante. Nós mulheres gostamos de tudo aquilo que fascina, tudo aquilo que é bonito, tudo aquilo que achamos que vai ser útil se não no presente, num futuro próximo.Vivemos num mundo onde grandes empresas nos fornecem todos os tipos de barbitúricos que realmente consideramos indispensáveis e viciantes. Talvez por esta razão encantamos ou confundimos tanto os homens… A maioria de nós é viciada no que nos deixa sempre mais bonitas, cheirosas e atraentes. Como os cremes por exemplo… Amamos cremes de qualquer tipo e espécie. Creme para o corpo com cheiro de chiclete, pitanga, baunilha, morango com champagnhe. Creme para as mãos e pés. E os cremes para os cabelos, estes temos em larga escala nos nossos banheiros. Perfume e maquiagem são outros dois itens que nunca podem faltar nem vida e nem na bolsa de uma mulher prevenida! Mas na minha concepção o maior vício das mulheres é comprar. Adoramos comprar. Se encontrarmos uma amiga e esta possuir uma calça jeans que deixa o corpo perfeito, não perdemos tempo em perguntar onde ela comprou e saímos correndo antes que acabe aquela preciosidade. Até para uma desconhecida não temos a menor vergonha de perguntar: aqui, onde você comprou este sapato? É linnndo… Eu particularmente sou louca por sapatos. Para mim o que faz uma roupa são eles, os lindos e muitas vezes caros “pisantes”. Ah, já ia me esquecendo dos acessórios! Estes também são importantíssimos quase tanto quanto os sapatos! Na verdade eles se completam. Uma mulher não consegue sair de casa sem um par de brincos, um relógio e um lindo colar… Claro que se os brincos forem de tamanho médio a grande boicotamos o colar porque ninguém merece ser apelidada de árvore de natal… Mulheres também gostam de comprar presentes para agradar seus amores. Adoramos fazer uma surpresa e para isto não poupamos não. Olhar aquela carinha depois de ganhar algo que ele estava namorando há um tempão mas nunca tinha tempo de ir comprar, não tem preço!! Enfim são tantos os barbitúricos que nos viciam e que estão embrenhados no poderoso mundo da mulher que as vezes nem nós mesmas conseguimos decifrar os nossos poderes e mistérios, quiçá os homens!!!

CARTAS QUE EU NUNCA MANDEI

Desde muito nova tenho paixão por ler e escrever. Sempre fiz diário contando o que de mais especial havia acontecido nos meus dias. Queria ter registrado meus momentos mais marcantes e com detalhes. Também gostava de escrever cartas. Cartas para algumas amigas pra dizer o quanto elas eram especiais. Cartas pros meus pais pra dizer o quanto eu os amo. Cartas decoradas para meus irmãos em dias de aniversário pra mostrar como eles são importantes pra mim. Cartas apaixonadas para ex namorados. Na verdade qualquer ocasião era motivo pra eu escrever uma cartinha. Tenho o rascunho de todas elas guardados a sete chaves. Mas as mais especiais foram aquelas cartas que escrevi mas nunca mandei. Estas tinham como destinatários pessoas que de certa forma foram muito importantes para mim em determinadas épocas, mas que por algum motivo nunca receberam esses meus tesouros… Elas contam histórias de uma vida que não foi publicada. Nelas contém angústias, aflições, paixões platônicas, paixões verdadeiras, sofrimento, lágrimas, dor de amor, dor da perda, felicidade, medo, carência, silêncio, sentimento reprimido, sentimentos aflorados, arrependimentos, atestados de amizade eterna, traição, segredos, perdão, saudade de alguém que já se foi, saudade de alguém que está perto porém intocável e muita outras saudades!!! As vezes me pergunto se estas cartas não foram enviadas por falta de coragem. Pode ser que sim mas pode ser também aquela coisa de será que mando? E com a dúvida veio a espera e o momento certo passou… Na verdade não existem momentos certos pra dizer a alguém que está apaixonada. Pra pedir desculpas. Pra dizer você é importante pra mim. Pra dizer obrigada. Pra dizer que está arrependida. Pra dizer que sente falta. Qualquer época serve pra que alguém saiba que nós nos importamos de verdade, que sentimos saudade, que amamos intensamente, que sofremos e que recuperamos, mesmo que tenha sido a alguns anos atrás ou muitos anos atrás!!! Quer coisa melhor que descobrir que você foi a paixão da vida de alguém na adolescência?? Que você era considerada uma das mais inteligentes ou uma das mais bonitas do colégio quando você se achava o patinho feio da turma? O rumo das coisas poderia ter sido diferente se estas cartas tivessem sido entregues aos seu devidos donos? Não importa mais pois estas relíquias que a gente escreveu e nunca mandou formam o quebra cabeça da nossa maratona de vivências e experiências e nunca é tarde para serem postadas no correio mais próximo!!! Pensem nisso!!!

DE REPENTE

 

De repente você resolve trocar tudo de lugar na sua casa. De repente você abre o armário pra tirar tudo o que não usa mais. De repente você resolve colecionar chaveiros. De repente você começa a gostar de café. De repente você resolve parar de fumar. De repente você se apaixona por alguém. De repente você deixa de amar. De repente você resolve comprar um sapato caríssimo. De repente você resolve aprender tocar guitarra. De repente você resolve mudar de emprego. De repente você larga tudo pra montar uma pousada numa praia na Bahia. De repente você resolve ter um carro esporte. De repente vem aquela inspiração e você pega um papel qualquer para que as palavras não fujam de sua mente. De repente você tem um filho e descobre que existe amor incondicional. De repente você resolve casar. De repente você começa a escutar aquela música que te lembra alguém. De repente te dá uma saudade desse alguém. De repente você descobre que não pode mais viver sem esse alguém.

Os de repentes são assim, súbitos, deliciosos, assustadores, saborosos, algumas vezes até amargos, mas muitas vezes essenciais!!!!

A vida é repentina, inesperada e maravilhosa.

Então como não viver estes repentes intensamente???

De repente …. É agora!!!!

VOCÊ JÁ DEU UM BELO SORRISO HOJE?

Eram duas da tarde, eu estava parada no sinal de trânsito, aquele bolo de carros. Buzina. Todo mundo com pressa. O sinal abria e fechava e os carros não saiam do lugar. Quando de repente um senhora veio até minha janela e perguntou: essa linda menina já deu um belo sorriso hoje? Eu, com muita surpresa no olhar e adorando ser chamada de menina, respondi: sabe que não… E abri um largo e sincero sorriso. Ela então sorriu também e disse: pois faça isto mais vezes e verá como vai se sentir bem. Primeiro eu achei que a pobre senhora era meio doidinha. Mas depois fiquei pensando que nós, simples mortais, não sorrimos como deveríamos. Não sentimos esta ótima sensação de dar um sorriso sem um motivo especial. A verdade é que a correria do dia a dia nos faz esquecer de pequenas coisas que nos deixariam bem mais felizes e mais leves. Como por exemplo sorrir mais. Dar mais gargalhadas, daquelas de doer a barriga. Gritar mais. Abraçar mais. Beijar mais. Namorar mais. Ser mais cordial com as pessoas. Dar mais bom dia, boa tarde e boa noite. Viajar mais. Correr mais. Malhar mais. Praticar mais esportes. Beber mais água. Sair mais com os amigos. Chorar mais. Dizer mais vezes eu te amo, obrigado, não tem de que. Sair mais cedo do trabalho, de vez em quando. Cuidar mais de você. Cuidar mais do seu amor. Cuidar mais do seu filho. Passear mais com seu cão. Dormir mais. Acordar mais tarde. Acordar mais cedo. Pisar na grama molhada com os pés descalços mais vezes. Fazer mais poesias. Cantar mais. Escrever mais. Usar mais jeans, camiseta e All Star. Ir mais ao cinema. Assistir mais filmes em casa. Sair mais de casa. Ficar mais em casa. Comer cachorro quente de rua. Visitar mais seus pais. Seus avós. Seus tios. Seus primos. Amar mais. Sofrer mais. Viver mais. Talvez se fossemos menos bitolados e mais relaxados lembraríamos como isto nos faz bem e daríamos mais belos sorrisos por aí…

O CARA IDEAL

Por que nós pobres mulheres nos apegamos tanto a ilusões? Conhecemos um homem bacana que nos encanta com todo seu charme, boa fala, gosta do que a gente gosta, curti aquele filme que você mais ama, tem um jeitinho todo especial de falar com você ao pé do ouvido que te deixa louca e pra completar o beijo é tudo de bom, se bobear o melhor. Aí pimba, nos deixamos cair naquele conto de que esse é “o cara”. Vou apostar todas as fichas pois agora vale a pena. Mas como podemos saber se ele é o cara perfeito pra nós? Provavelmente ele não é o cara perfeito, já que ninguém é perfeito. Como podemos diferenciar se estamos entrando numa cilada ou se realmente desta vez o velho e bom coração, que já se cansou de errar, acertou!!!

 

Minhas caras, impossível. Nós nunca saberemos se finalmente acertamos até viver!!! Viver com tudo que podemos, apostar todas as fichas, ligar quando der vontade, dar apelidos fofos que só os dois adoram, combinar um final de semana especial correndo o risco de realmente ser especial ou um completo desastre. E se for um desastre ainda assim foi bom. Sentir vontade de dizer te adoro com uma semana de relacionamento. Sentir o coração vibrar a cada telefonema, e-mail ou mensagem que receber dele. Sentir frio na barriga quando é a sua vez de ligar ou mandar mensagem. Decepcionar de vez em quando. Sentir ciúmes da ex, mesmo que ela nem seja uma ameaça, já que é ex, ela é quem está em desvantagem. Lembrar dele sempre que ouvir aquela música, ou comer aquela comida, ou beber aquela bebida, porque essas são algumas das muitas coisas que vocês dois tem em comum. Então você olha pra trás e leva um susto pois já se passaram meses e ainda estão juntos. Podem se passar anos e continuarem juntos. Mas também pode acabar de repente. E você vai sofrer, chorar, se sentir culpada por não ter dado certo. Vai imaginar mil motivos pra ele não ser mais apaixonado por você. Vai tentar voltar sem sucesso. Vai sofrer mais e chorar em dobro. E vai pensar: também, ele nem era tão perfeito assim, tinha um monte de defeitos… Decididamente, ele não era ideal pra mim…

 

E agora eu pergunto: porque não? Porque ele não era o cara ideal pra você? Vocês viveram tantas coisas juntos. Tinham tantas coisas em comum. O beijo combinava. Quase tudo combinava. Porém, não deu certo. Não foi pra vida toda. E você não tem culpa nenhuma. Ele pode não ter sido um homem perfeito mas sim um homem ideal, enquanto durou. A verdade é que na maioria das vezes, os nossos relacionamentos não dão certo porque, sem que percebamos, acabamos procurando o cara perfeito e não o cara ideal!!!

 

MORAL DA HISTÓRIA: PESSOAS IDEAIS EXISTEM, PERFEITAS NÃO!

EU QUERO O IMPOSSIVEL

Hoje acordei sufocada, quase sem respiração. Um sufoco de angustia. Dúvidas. Euforia. Querer. Gostar. Vontade de encontrar, beijar, abraçar e ao mesmo tempo vontade de terminar tudo. Aquele velho coração na boca e muitos sentimentos embolados… Não quero mais isso pra mim!!! Eu quero a cura pras incertezas. Eu quero o par perfeito. Eu quero ser feliz sem sofrer. Eu quero ser feliz com você, sem ter que dividir com ninguém. Eu quero o impossível, eu sei. Mas eu quero… Eu não quero ser uma página ou um capítulo na sua história. Eu quero um livro só nosso onde nós dois juntos escrevemos e apagamos muitas linhas. Que todos os nossos momentos sejam eternizados nas palavras. Que os nossos erros estejam gravados para que possamos saber como corrigir. Que a nossa história seja simples e maravilhosa. Intensa e calma. Verdadeira e apaixonada. NOSSA!!!